Bloquear cópia de conteúdo
website templates

SÃO JOÃO PAULO II

Translate to your language

Em 5 julho de 2013, um comunicado do Vaticano trazia a boa-nova da canonização de João Paulo II e de João XXIII; e em setembro o Papa Francisco anunciou que a canonização acontecerá no dia 27 de abril de 2014, ou seja, no domingo da Festa da Misericórdia.

Esse pedido de admissão à Ordem, o Padre Matulaitis justificou com as seguintes razões: 

“há muito tempo sinto o desejo de uma vida mais perfeita e não quero abandonar a Igreja do nosso país ‘onde há muito trabalho e os trabalhadores são poucos'”.

“A data de abril é importante porque se relaciona diretamente a João Paulo II. A ela está unida também a sensibilidade do papa Francisco porque coincide com a Festa da Divina Misericórdia. Definitivamente tem um grande impacto simbólico, porque representa um selo sobre a obra e sobre o pontificado de João Paulo II e o consagra oficialmente como um grande apóstolo da misericórdia Divina”, definiu  Monsenhor Slawomir Oder, Postulador da Causa de Canonização de João Paulo II.

O pontificado de João Paulo II foi o 3º mais longo da história. Ao longo dos  anos  em que esteve a frente da Igreja católica, de 1978 a 2005, ele fez inúmeras viagens, se encontrou com muitas pessoas. O Papa Francisco, recentemente, o definiu  como “um grande missionário. O novo São Paulo”.

Mobirise

Os 27 anos de pontificado de João Paulo II

Visitou 317 das 333 paróquias romanas

 publicou: 14 Encíclicas, 15 Exortações apostólicas, 11 Constituições apostólicas e 45 Cartas apostólicas

• proclamou 1338 beatos e canonizou 482 santos

Nomeou 231 Cardeais

Presidiu 15 assembleias do Sínodo dos Bispos

Teve 738 audiências ou encontros com chefes de Estado e 246 audiências e encontros com primeiros-ministros


Publicou cinco livros:
“Cruzando o limiar da esperança” (1994);
“Dom e mistério: no quinquagésimo aniversário de minha ordenação sacerdotal” (1996);
“Tríptico romano – Meditações”, livro de poesias (2003);
“Levantai-vos! Vamos!” (2004)
“Memória e identidade” (fevereiro de 2005)

Os milagres que levaram João Paulo II à canonização

O Postulador da Causa de Canonização de João Paulo II, Monsenhor Slawomir Oder conta que conheceu pessoalmente as duas pessoas que foram curadas através da intercessão de João Paulo II. “São  duas experiências fortes e comoventes tanto do ponto de vista  humano quanto espiritual. Ao encontrar estas pessoas eu verdadeiramente tinha diante dos olhos a concreta manifestação do amor e da glória de Deus, por intercessão do nosso amado João Paulo II”, descreve o Monsenhor”.

Cura de Parkinson

Mobirise

A irmã Marie Simon Pierre, religiosa francesa, se recuperou de forma inexplicável do Mal de Parkinson.  Ela atribuiu a cura ao Papa João Paulo II: “foi obra de Deus, graças à intercessão dele”, afirmou. A religiosa pertence à congregação das Irmãzinhas das Maternidades Católicas, sofreu  quatro anos com a doença que desapareceu dois meses depois da morte do Papa. Irmã Marie conta que em junho de 2005, sua superiora pediu a ela que escrevesse num pedaço de papel o nome de João Paulo II.

Com dificuldade, devido a doença, ela escreveu de forma ilegível. Horas depois, quando a religiosa foi para o quarto dormir, sentiu vontade de tentar escrever novamente. 

Para a sua surpresa, conseguiu escrever perfeitamente, sem dificuldade: “minha mão deslizava sobre a folha de papel controlando a caneta, sendo que antes não conseguia escrever nenhuma linha ou pegar a caneta”, contou a religiosa. Horas depois, ela despertou no meio da noite e percebeu que não sentia dor alguma. Parou com a medicação e foi examinada por um neurologista que “constatou com surpresa que todos os sinais da doença haviam desaparecido”, relata irmã Marie. “Desde então, não sigo nenhum tratamento. Minha vida mudou totalmente. Não posso dizer o que senti realmente.

Foi muito forte, grande demais para explicar em palavras. Estava doente e me curei. Foi como nascer de novo”, concluiu.

Cura de aneurisma

Mobirise

Floribeth Mora Díaz, da Costa Rica, sofria com um aneurisma. Em estado terminal, permanecia deitada numa cama, mal se mexia. Logo que recebeu o diagnóstico da doença, ela estava acompanhando pela TV a cerimônia de beatificação de João Paulo II quando pediu a ele que intercedesse a Deus por sua saúde.

Naquela mesma noite ela conta ter ouvido uma voz que lhe dizia: “levante-se, não tenha medo”.

“Não me levantei de uma vez, mas comecei a sentir paz, a minha agonia desapareceu e o processo de cura do meu corpo ocorreu paulatinamente”

 ela conta. Semanas depois o seu médico, sem entender o que havia acontecido, afirmava que os exames mostravam nem mesmo um mínimo sinal do aneurisma, o que ele considerou como um caso “inexplicável”.

Compartilhe nas redes sociais

COMPARTILHE


© Copyright 2018 DJs Sacramentados - Todos os direitos reservados